domingo, 17 de outubro de 2010

F.C.Porto 4-1 Limianos . Objectivo conseguido com hat-trick de Walter


assistência: 41.118 espectadores.

árbitros: Cosme Machado (Braga), Fernando Pereira e Inácio Pereira; 4º Árbitro: Pedro Sá.

FC PORTO: Beto; Sapunaru, Sereno, Otamendi e Rafa; Souza, Rúben Micael e Guarín; Hulk «cap.», Walter e Varela.
Substituições: Souza por Catro (55m), Sapunaru por Ukra (68m) e Varela por James (68m).
Não utilizados: Kieszek, Maicon, Belluschi e Falcao.
Treinador: André Villas-Boas.

LIMIANOS: Pedro Baía; Vítor Hugo, César «cap.», Pedro Maciel e Zé Manel; Tiago Silva; Gil, Emanuel, Vinicius e Pedro Tiba; Vasco.
Substituições: Emanuel por André (61m), Gil por Tiago Ribeira (65m) e Vasco por Marquinho (74m).
Não utilizados: Litos, Lucas, Terroso e Jean Philippe.
Treinador: José Carlos Fernando.

Marcadores: Walter (9m, 60m e 90m), Varela (45m), Pedro Tiba (69m).

Disciplina: cartão amarelo a Souza (26m), Zé Manel (30m e 59m), Vítor Hugo (32m), Sereno (53m), Tiago Silva (66m); vermelho a Zé Manel (59m).


O FC Porto apresentou-se, este sábado, com oito jogadores na equipa titular que habitualmente não alinham no “onze tipo” de André Villas-Boas.

O primeiro golo dos azuis e brancos surgiu ao minuto 9, por intermédio de Walter, após cruzamento da direita de Hulk e falha da defesa da turma de Ponte de Lima.

Mas o segundo verdadeiro golo surgiu perto do final do primeiro tempo, com Varela a voltar a mostrar dotes de matador perto da baliza. Neste lance, nota para a grande jogada individual da direita e cruzamento de Rafa.


Na segunda parte, o FC Porto chegou facilmente ao terceiro golo, outra vez da autoria de Walter aos 59 minutos. O “bigorna” aproveitou um ressalto de bola, na sequência de um livre directo, e rematou de pé esquerdo para dentro da baliza.

André Villas-Boas ficou muito zangado com o golo da equipa de Ponte de Lima, numa altura em que os azuis e brancos jogavam com três defesas (Otamendi, Sereno e Rafa).

Ao minuto 75, o jovem colombiano James Rodríguez fez balançar as redes mas os juízes da partida voltaram a anular o golo ao FC Porto. Desta vez, Cosme Machado ouviu uma monumental assobiadela dos adeptos residentes.

4-1 foi o resultado final e FC Porto passa, como seria de esperar, para a fase seguinte da Taça de Portugal, e o Limianos volta para o Alto Minho de cabeça erguida.

DECLARAÇÕES NO FINAL DA PARTIDA

André Villas Boas: «O 2-0 antes do intervalo foi benéfico para nós. Levar 1-0 para o intervalo permitia manter o sonho do Limianos e alimentar alguma intranquilidade. Parece-me que tivemos o jogo sempre controlado. Agradou-me também a forma como o Limianos se apresentou, disputando o jogo pelo jogo e desfrutando do palco e da oportunidade. É uma atitude de louvar, porque não é fácil de encontrar. Tivemos um bom domínio da posse de bola e um número considerável de oportunidades. Foi pena termos sofrido o 3-1 quando íamos experimentar um 3-4-3 mais agressivo. Esse golo não ajudou à tranquilidade e à consolidação de um resultado maior. Estou satisfeito com o rendimento de todos. Ele podia ter sido ainda melhor, mas foi bastante bom. O golo de Limianos condicionou-nos um pouco. Se o golo do James tivesse sido validado, teríamos o 4-1 mais cedo e mais tempo para dilatar a vantagem. De qualquer forma, conseguimos manter o critério de posse de bola que tanto nos agrada a nós e aos jogadores. A competitividade em treino tem sido extrema. Há muita gente que quer entrar no lote dos mais utilizados. Esta competitividade é óptima para nós, mas é importante que não leve à frustração. Temos 26 jogadores disponíveis e, por isso, esse facto é de louvar. É importante que se mantenha a crença de cada um nas suas capacidades para ameaçar os elementos que alinham com mais frequência. O calendário vai continuar a apertar e essas oportunidades vão acontecer, pelo que é importante que todos se mantenham num nível elevado, para que possam ser opção sem baixar a qualidade colectiva.»

14 comentários:

ultrafcporto disse...

Caro amigo portista, foi um jogo bastante acessível para o nosso fcp, sem grandes dificuldades causadas por parte do Limianos, a diferença de qualidade fez-se notar e muito. Deu para verificar caso dúvidas houvesse, que temos um avançado de luxo, que está com fome de bola e de golos, o mister AVB só tem que o colocar a jogar principalmente quando o Falcão se anda arrastar pelas defesas dos nossos adversários, com todo o mérito que o mesmo me merece, mas as verdades são para ser ditas.

Cumprimentos,
Ultrasfcporto

Anónimo disse...

Não concordo. Rafa foi um dos piorzinhos, Guarín não esteve assim tão mal como o Pinta, Varela, enfim, andou a arrastar-se, o Sapunaru esteve bem... Mas cá está, cada cabeça, sua sentença.

Abraço

Anónimo disse...

gostei muito do James! Viva o Porto!

Portista Sempre disse...

Estes james rodriguez tem pezinhos de la! E gostei de ver os jogadores da casa castro e ukra, muito rapidos e dinamizadores. GOLO MAL ANULADO AO JAMES!!!!
Somos Porto!

João Manuel Couto disse...

Bom Dia,
Afinal ontem pude ir ver o jogo ao Dragão, e o que mais me impressionou foi um ambiente espectacular de 41 mil pessoas nas bancadas contra um clube da III Divisão para a Taça de Portugal, espectacular, nunca tinha visto nada assim.
Walter fez uma estreia espectacular, golo mal anulados aos James e nota positiva para Hulk.
abraço

Carlos Martins disse...

Gostei do hat-trick do Walter e estou curioso para ver o que sobre isso vai escrever (ou não) o nosso Miguel Sousa Tavares. Ele que no início da época condenou a contratação do Walter, com aquela justificação absurda: "Não gosto do nome nem da cara dele". Lembram-se?? Mesmo assim, continuo a ler o MST e considero-o um grande portista.

De resto, gostei também de ver que hoje estiveram 41.118 espectadores no Dragão, num jogo em que o adversário era uma equipa da 3ª divisão. Já agora, na Luz estiveram 23 mil...

Saudações Portistas!

Raúl Paiva disse...

Parabéns aos bravos jogadores do Limianos. Foi um prazer, vê-los disputar um jogo destes.
Era bom, que todas as equipas da III Divisão e até da II Divisão, tivessem oportunidades destas.
Mais uma vez: Parabéns Limianos, e boa sorte para a Série A da III Divisão.

Anónimo disse...

Meu Caro Portista Tiago Araújo, quem esteve presente no Estádio do Dragão facilmente viu que 5000 adeptos vindos de Ponte de Lima é um número muito abaixo dos espectadores/adeptos presentes no Estádio. 5000 foram os bilhetes/Kit vendidos pela A.D."Os Limianos". Pelas minhas "contas" estiveram no Dragão 10000 Ponte-limenses/Limianos.

Cumprimentos,
José Mário Rodrigues

PEdro disse...

41.000 pessoas no dragão, 23.000 na luz....

Não que seja algo demasiado relevante, mas referências da imprensa a esta realidade, zero.

Siga, estamos no bom caminho para em maio sorrir!

Manuel F. disse...

Bom jogo (atendendo ao desnível das duas equipas), com um Limianos com boa atitude e muito bem organizado.

Gostei da forma física e do entrosamento no “esquema” de jogo do FC Porto dos menos utilizados. Parabéns a toda a equipa técnica pelo seu excelente trabalho.

Temos um grande plantel e com muita potencialidade. É bom termos sempre presente a idade, especialmente dos que se estão a firmar.

Os “meninos” do plantel :

1.James (19) 12-07-1991
2.Walter (21) 22-07-1989
3.Souza (21) 11-02-1989
4.Maicon (22) 14-09-1988
5.Castro (22) 02-04-1988
6.Ukra (22) 16-03-1988
7.Otamendi (22) 12-02-1988

Anónimo disse...

Boa tarde

Já sei que não me perdoa por lhe ter dito que estava a ser ingrato num posts à uns meses, sobre o Miguel Sousa Tavares... Como viu esta semana deu-me razão...

Mas o motivo de lhe escrever, é que ontem o homem que anda com a aguia vitoria foi agredido por um steward na luz, ao ponto de a aguia lhe ter caído e andado a saltitar pelo relvado...

Penso que isto é relevante de ser divulgado, para ajudar a desmascarar os green peace do nosso futebol

Um abraço, de um portista do centro

Fernando

Tiago Araújo disse...

Este Jogo contra o Limianos pode ter mostrado que o FC Porto tem algumas boas alternativas para certas posições, mas também mostrou que existem Jogadores que não deviam estar no plantel como por exemplo o Sereno.

Gaspar Lança disse...

Jogo controlado. Walter tem claro destaque mas não esquecer os bons minutos de James Rodríguez em campo. O miúdo, como já havia 'provado' na pré-época, promete!

Um abraço

Anónimo disse...

O estádio estava espéctacular, foi mesmo a festa da Taça de Portugal!

O que mais gostei foi de ver a quantidade de crianças que hoje foram ver o jogo! ;))))

BIBÓ PORTO

Mafaldinha