segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A um segundo da Champions League


FICHA DE JOGO

EHF Champions League, torneio de apuramento – grupo 2, terceira jornada
5 de Setembro de 2010
Pavilhão Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 1.932 espectadores


Árbitros: Martin Gjeding e Mads Hansen (Dinamarca).

HC DINAMO MINSK: Koshovy (g.r.), Kazhaneuski (6), Rutenka (2), Pukhouski, Cepulis (1), Onufryienko (6) e Tsitou (1).
Jogaram ainda: Babichev (3), Shylovich (1), Kovalenko e Atman (3).
Treinador: Sergii Bebeshko.

FC PORTO: Hugo Laurentino (g.r.), Filipe Mota (7), Tiago Rocha (2), Dario Andrade (1), Ricardo Moreira (3), Wilson Davyes (1) e Inácio Carmo.
Jogaram ainda: Nuno Grilo (6), Gilberto Duarte (1) e Pedro Spínola (2).
Treinador: Ljubomir Obradovic.

O FC Porto Vitalis ficou este domingo a um golo de alcançar a fase de grupos da EHF Champions League, ao empatar (23-23) com os bielorrussos do HC Dinamo Minsk, no último jogo do torneio de qualificação para a EHF Champions League, que decorreu no Dragão Caixa. Os bicampeões nacionais estiveram a um pequeno passo de vencer o encontro, mas o remate final de Ricardo Moreira ocorreu décimas de segundo depois do apito final da partida. A equipa de Minsk ficou assim com cinco pontos no torneio, mais um do que os portugueses, segundos, e alcançou o desejado apuramento.

Os Dragões entraram na partida a todo o gás. Aos dois minutos e meio, venciam por 3-0 e estiveram a ganhar por 6-2. O comando portista do jogo era alicerçado num ataque diversificado, mas a defesa agressiva e solidária – muitas vezes subida até à linha de 9 metros – era ainda mais determinante. Para além disso, o guarda-redes Hugo Laurentino esteve inspiradíssimo (e nunca baixaria o nível ao longo dos 60 minutos).

Na segunda metade do primeiro tempo, a poderosa formação bielorrussa subiu de produção. E, para além disso, Koshovy mostrou ser também um grande guardião. O FC Porto Vitalis também teve uma boa dose de infelicidade – foram vários os remates nos postes – e tudo isso contribuiu para que os forasteiros liderassem, ao intervalo, por três golos.

O FC Porto Vitalis voltou a entrar melhor na segunda parte e, com um parcial de 4-0 (em que três dos golos foram de Filipe Mota), reassumiu o comando do marcador. Previa-se uma batalha longa, e assim foi. A partir daí, as vantagens de uma e de outra equipa nunca superaram um golo. Apoiado pelo público que encheu o Dragão Caixa, os andebolistas azuis e brancos deixaram a pele em campo.

DECLARAÇÕES NO FINAL DO JOGO

Ljubomir Obradovic
«Em primeiro lugar, sou um homem muito orgulhoso dos meus jogadores e dos adeptos, que apoiaram a equipa do princípio ao fim. Tacticamente e fisicamente aguentámos tudo. Mais uma vez, não compreendo quando se marca ou não dois minutos, quando é jogo passivo e falta, de um lado e do outro. Por outro lado, estou muito triste, porque esta equipa é muita séria, treina todos os dias quatro horas ou mais. O Dinamo Minsk é uma equipa muito séria, muito boa, que sabe o que quer em cada momento, na defesa e no ataque. Quero dar-lhes os parabéns pela entrada na Champions League e desejar-lhes muita sorte.»

Pedro Spínola
«Por um golo se ganha, por um golo se perde. Sentimos muita frustração por não conseguirmos um dos objectivos da época, por um golo, por um segundo. Não é fácil digerir a quente o que se passou. Temos de continuar a trabalhar para todos os outros objectivos. Começámos agora a época, temos um mês de trabalho. Para o ano temos a possibilidade de voltar a lutar por este objectivo e isso é o mais importante.»

20 comentários:

Miguel disse...

vamos trocar links e seguir o blog um do outro?

responada no meu blog sff

http://imperiofutebolistico.blogspot.com/

cumprimentos.

p.s- este ano somos campeoes.força f.c porto

João Manuel Couto disse...

Inevitavelmente triste e frustrada mas igualmente orgulhosa pela atitude e comportamento daqueles senhores Enormes!

Um dia,lá estaremos!
Força FCP!

Dragus Invictus disse...

Foram uns últimos 15 segundos emocionantes, com as equipas estavam empatadas a 23 golos, o Dragão Caixa deitava labaredas, os jogadores do Dínamo a fazer tudo por tudo para evitar a derrota, um jogador bielorusso é excluído a 10 segundos do fim, o nosso treinador e bem retira Laurentino e coloca Gilberto Duarte no ataque, os bielorrusos aguentam os nossos bravos atletas, faltam 5 segundos e na marcação de uma falta surge uma jogada fantástica, a bola é colocada na ponta esquerda em Wilson Davyes, que simula remate e faz um passe que sobrevoa a área para a ponta direita para Ricardo Moreira que conclui com um excelente golo … o árbitro não valida … passavam umas milésimas de segundos depois do apito final… na bancada gritámos golo … só percebi que tinha sido invalidado quando vi o Ricardo Moreira cair frustrado com as mãos na cabeça.
O público do Dragão Caixa reage de imediato com um grande apoio aos nossos bravos jogadores que tudo fizeram para vencer.
Já no sábado levamos com uma dupla sueca de "encomendados", e ontem foi uma dupla dinamarquesa de "encomendados", tal como no futebol, estes árbitros nórdicos, também na EHF são os árbitros dos favores!!!
Estes árbitros, quando conseguimos uma vantagem de 4 golos, começam a festa, excluem um jogador portista, permitindo aos experientes bielorussos o empate e reviravolta no marcador que se manteve até final da primeira parte. Esta dupla dinamarquesa mandava os nossos atletas ter calma cada vez que os bielorussos usavam e abusavam do físico … sem serem excluídos.
Tivemos uma imensa falta de sorte nesta primeira parte com várias bolas nos postes, e com Dário Andrade numa tarde infeliz.
Na segunda parte entramos bem, e fizemos um parcial de 4 golos sem resposta que permitiu passar novamente para a frente. Até ao final foi um jogo equilibrado, e as vantagens nunca foram além de um golo.
Aos bielorussos bastava o empate, e com o passar dos minutos fizeram valer essa condição.
Sempre com o apoio do público, a equipa acreditou sempre e deixou a pele em campo.
Foram bravos os nossos rapazes, uns dragões valentes que mereciam a qualificação. Fomos roubados no sábado e ontem por arbitragens vergonhosas, que ajudaram a afastar-nos da EHF Champions League.

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com

Anónimo disse...

Obrigado a toda a secção de Andebol por nos terem feito sonhar.
Os nossos adeptos estiveram fantasticos.

Anónimo disse...

Sei que não vais publicar, mas sei que vais ler.ESTE EMPATE FOI MARAVILHOSO PELO DESGOSTO QUE TE DEU.

Tiago Araújo disse...

Anónimo,
Como podes ver publiquei o teu comentário como tinhas pedido da última vez, mas foi a último, e quanto ao desgosto fiquei triste por ver o f.c.porto a sair assim da champions league mas nestes momentos sou ainda mais portista, porque todos nós vimos eles a não mostrarem medo e a mostrar a nossa raça de campeão!

Vocês, restantes anónimos, devem todos estarem contentes, mas estão tristes, tristes por não serem Dragões.

É isto que se distingue os portistas, se nós cairmos, depois levantamos.

Filipe disse...

quando a equipa dá tudo o que tem não há nada a dizer..devemos valorizar este grupo fantastico que de jogo para jogo transpira suor pelo nosso clube...
estou muito orgulhoso da prestação portista na prova...
parabens a todos que la estiveram e contribuiram para um grande espetaculo

Anónimo disse...

De facto já era hora de começarmos a pensar a sério em APOSTAR no Andebol , mas para isso é necessario dersviar algum $$$ para esta modalidade e contratar alguns atletas de bom nivel estranjeiros.
A historia da modalidade no clube merecia esse esforço da parte de quem dirige mas ao que parece o dragaozinho é so para consumo interno...

Tiago Araújo disse...

João Manuel Couto,
És menino ou menina? É que pelo comentário que fizeste só deves ser menina, espero que me percebas.
abraço

Remente FCP disse...

Boas,
O sonho de nós irmos há champions no andebol terminou? Já não vamos?
abraço

Nuno Araújo disse...

Bom dia,
Foi pena, mas virão mais oportunidades e que para o ano ganharemos a champions.
abraço

Peixoto disse...

Boas,
Ficou aqui um grande sinal, fui ao Dragão Caixa e quando faltavam 5 segundos o FCPorto marca e gritei golo, mas quando metem as mãos à cabeça, meu deus eu nem queria acreditar!
abraço

Super Dragões disse...

Venham apoiar a nosso equipa nos jogos do campeonato no Estádio do Dragões e para a fase de grupos da Liga Europa.

Saber mais em:

http://superdragoes.com/

Próximo jogo:

F.C.Porto x SCBraga

ruimanelfcp disse...

Faltou muito, muito pouco mas foi o suficiente para ficarmos de fora. Sofri, como todos, até ao último segundo (ou melhor, até um segundo depois de fim do jogo…) mas estou muito orgulhoso da nossa equipa. Verdadeiros campeões, grandes Dragões que não viram a cara à luta, só portugueses! Valeram os aplausos do também brilhante público. Equipa e assistência merecem os parabéns.

- De manhã e princípio da tarde, assisti a outro desempenho brilhante: Álvaro Parente (um dos melhores pilotos ou o melhor da Superleague Fórmula) ia, a 3 voltas do fim da segunda corrida, em 4.º lugar; tinha garantido o apuramento para a “Race 3”, sendo o 2.º piloto mais pontuado no conjunto das 2 corridas. Eis que não, subitamente, foi penalizado com um “stop and go” que lhe retirou todas as hipóteses e o fez quedar no 11.º lugar. Fiquei frustrado e até furioso. Até agora não sei a razão da penalização. Tal como no Andebol, um desempenho brilhante ainda que sem a compensação merecida.

Ao anónimo cobarde: vai para a pqtp.. Nós não somos da tua estirpe, seu cobardolas nojento. Somos POOORTO, somos gente, de antes quebrar que torcer.

ruben disse...

Caro Tiago

a gente como esse anónimo fui respondendo aquando da nossa triunfante caminhada rumo a gelsenkirschen que antes de cada jogo me diziam que haviamos de perder, eu lhes perguntava se já no jogo anterior tinham torçido dessa forma pois se o tinham feito estava a dar-nos sorte por isso...FORÇA!!!! espero um campeonato como o ultimo: ganhar no último jogo contra essas bestas...ehehheheheh

Portucalense disse...

Com melhor banco...

Mas também compreendo que fora da capital é tudo mais dificil ou melhor muito mais dificil.....

Anónimo disse...

Caro Tiago,

Foi realmente uma pena morrer na praia, mas devemos estar orgulhosos dos nossos rapazes! Que pavilhão, que público fantásticos!!

Um abraço,

Portista de Cascais

Norte disse...

Esta desilusão deve fazer-nos pensar e não apenas entristecer-nos.

Por um lado, dar os parabéns aos atletas, porque independentemente de erros individuais que naturalmente surgiram ao longo do jogo, tudo fizeram para vencer a partida. Se no dia anterior tivessemos vencido quando chegamos a estar a ganhar 18-11 já durante a 2.ª parte, hoje estavamos a festejar a passagem.
Esse é o meu grande "amargo de boca", pois não sei se estivemos perante uma quebra física ou um relaxamento mental.

Depois dar os parabéns ao público porque percebeu a importância do jogo. Pavilhão praticamente cheio, apoio quase contínuo durante todo o tempo de jogo.

Mas há algo que não podemos esquecer. É inequívoco que não temos 1.ª linha com altura capaz de combater com os melhores. A maioria dos nossos golos surgiu de penetrações aos 6 metros, contra-ataque, pivot e pontas. Uma equipa que aspira a algo mais, não pode ser tão débil no tiro exterior.

E é em dias como este, que mais do que nunca lembro de todos os que repetidamente falam em futsal no FCP. Lembro-me de todos eles, para lhes dizer que precisamos é de reforçar o que temos. Reforçar os nossos plantéis para aspirarmos a mais e melhor. Não lhes falhar com a nossa obrigação mensal de lhes pagar os salários.

Estou triste porque sinto que podiamos fazer melhor.
Orgulhoso pelo esforço dos atletas.

Animem-se campeões, porque a época ainda agora começou e há muita coisa para ganhar!

Abraços!

Miguel disse...

oi.

já adicionei o teu link e já sou seguidor do teu blog.

só faltas tu fazer o mesmo!


cumprimento

Antonio Silva disse...

Boas,
O jogo podia ter durado mais um segundo.
abraço