domingo, 29 de agosto de 2010

Antevisão do jogo em Vila do Conde

O árbitro é Jorge Sousa, auxiliado por José Ramalho e José Luís Melo

Convocados do F.C.Porto:
Guarda-redes, 
Helton e Beto,
Defesas, Sapunaru, Fucile, Rolando, Maicon, Sereno e Álvaro Pereira,
Médios, Fernando, Souza, Belluschi, J.Moutinho, C.Rodríguez e Ruben Micael,
Avançados, Varela, Falcao, Walter, James e Hulk


Equipa provável: Helton, Sapunaru, Rolando, Maicon e Álvaro, Fernando, Belluschi J.Moutinho, James, Falcao e Hulk.


Desafio interno
«É um jogo importante para nós, dentro do desafio lançado até à paragem do campeonato. Vamos ter um FC Porto fresco e agressivo, com vontade de agarrar esse repto lançado internamente. Trabalhámos, este sábado, um pouco da estratégia que vamos utilizar para o jogo com o Rio Ave e as mudanças só as poderão constatar quando entrarmos em campo. Temos várias alternativas, que oferecem uma variabilidade de situações que tornam o encontro imprevisível para o adversário e que o podem surpreender nos momentos certos. São opções estratégicas que temos e que podem desequilibrar a qualquer momento.»

Adversário «motivado e organizado»
«A tabela classificativa é injusta para o Rio Ave, tendo em conta o que fez nos dois jogos já disputados. Tive a oportunidade de acompanhar o jogo com Nacional, na primeira jornada, e o Rio Ave criou uma série de oportunidades importantes, que o poderiam ter levado à vitória. No entanto, o Nacional marcou e conseguiu manter a vantagem. Em Guimarães, na segunda jornada, também criou algumas boas oportunidades, mas o empate aceita-se. Tal como no ano passado, o Rio Ave surpreende no início da época e surge extremamente motivado e bem organizado, como sempre sucede com as equipas do Carlos Brito.»

O regresso de Hulk
«O Hulk precisa de viver grandes momentos de alegria, apesar de sabermos que não se vão sobrepor a um forte momento de tristeza. A vivência diária com os companheiros, em treino e em jogo, as exibições e o carinho que ele sente dos colegas ajudam-no. É algo que demora a passar e respeitamos o tempo de luto que o Hulk tiver de viver.»

A chegada de Otamendi
«O Otamendi é diferente de todos os outros centrais, possui perfil para o estilo de jogo que estamos a implementar. Agora, tudo depende dele, dos seus comportamentos e da forma como fizer frente à exigência interna em termos de competitividade em treino. O Otamendi tem de perceber que os colegas estão a um nível de topo – e aqui incluo também o Sereno, que tem tido poucas oportunidades – e vai ter de ter o máximo de rendimento.»

A Liga Europa
«Não me parece que o grupo do FC Porto seja tão fácil como querem fazer transparecer. É muito fácil dizer que o Besiktas e o CSKA de Sófia são equipas ao nosso alcance. O FC Porto tem um palmarés importante, quer ganhar a competição e isso é assumido por todos nós. Mas vamos ter deslocações difíceis, com viagens longas, e que vão coincidir com jogos fora na Liga. Isso vai obrigar-nos a ter uma maior preocupação com o tempo de recuperação e uma organização muito bem feita e pré-estabelecida. Vejo outros grupos mais fáceis.»

10 comentários:

Anónimo disse...

tendo o benfiquista de Valongo na linha, e o de Lordelo no apito, realmente todo o cuidado é pouco...

Armando da Rocha disse...

Tiago, se nós ganharmos este jogo ficamos isolados na liderança que é bastante bom, e claro que neste momento estamos só com 3 pontos de vantagem sobre os mouros do benfica, mas já viram que se nós ganharmos ficamos outra vez a 6 pontos do benfica?
Logo vou estar em Vila do Conde!
abraço

Papataças disse...

Gostava de saber mais informações sobre a postura do meireles nos últimos tempos..ou se portou mal ou o AVB não esta a ser justo...

Anónimo disse...

Força FCP!

ruimanelfcp disse...

@ Papataças

O que é que o AVB disse acerca do Meireles que aches injusto?

Eu como já disse à muito tempo, o Meireles já vai tarde e com um ano de atraso... O ano passado esteva a fazer no Porto o estágio para os jogos da selecção e isso sim, não me agradou nada ou se calhar não agradou a ninguém.
abraço de
ruimanelfcp

Rogério Paulo Almeida disse...

Amigo Tiago Araújo, realmente não sei como ainda há quem lamente a saída de RM. Ele teve uma época em que mostrou claramente ao que "andava". Fez a maior parte da época em sub-rendimento. Mas em sub-rendimento apenas com as cores "azuis-e-brancas". Pois pela Selecção o seu comportamento foi bem diferente, sendo quase sempre dos melhores em campo. Entre Liga e Champions fez 33 jogos e 2 golos. Pela Selecção fez 15 jogos e marcou 5 golos. Com metade dos jogos pela Selecção Nacional fez mais do dobro dos golos ao serviço do nosso Clube. A cabeça dele que há muito não estava cá, tal como a de BA. Preferiu resguardar-se ao longo de quase toda a época em prol dos seus interesses pessoais, leia-se, da Selecção e do Mundial que se perspectivava. Para além disso, dito e presenciado por algumas pessoas que acompanham o Clube a todo lado, ele teve, nomeadamente em Alvalade e Londres, momentos e atitudes muito infelizes, e ainda menos dignas tratando-se de um dos "capitães" do Clube. Vai render, ao que parece, cerca de 2,6 Milhões de Contos. O que querem mais? Um médio que não resolve jogos, que não caminha para jovem, que tem 6 anos de Clube, nem nunca mais estaria com a cabeça cá, render esse valor, e numa altura em que o mercado está algo arrefecido, não está bom?

Esqueçam o RM, pois tal como AVB afirma, temos jogadores tão bons, melhores, e, mais importante ainda, cheios de ambição para o demonstrarem e para crescerem com as nossas cores, duvidam? Nem sequer é necessário referir Moutinho. Há Micael, Souza e o próprio Castro para assumirem. E ainda Guarín.

Por falar em AVB, referindo-se a RM, ele disse tudo quando falou em “homem e jogador como um todo”.

O ciclo de um jogador no nosso Clube passa, primeiramente, pelo rendimento desportivo, e, posteriormente, pelo rendimento financeiro que terá que nos dar. É assim. E só assim, através dessas mais-valias, podemos almejar manter e competir no patamar em que estamos. Quem não vê isso, é porque anda distraído ou não entende nada do fenómeno futebolístico. Somos de uma cidade pequena, e de um País pobre no contexto Europeu, e com a agravante de ser profundamente centralista. Não existe outra fórmula. E o fazemos com o nosso dinheiro, dinheiro gerado e gerido por nós, ao contrário de outros, que fazem vida de “ricos” mas com Milhões de Contos conseguidos através de todo o tipo de empréstimos.

Daqui a um ano estaremos a falar no Álvaro Pereira, no Falcao, no Hulk... e será muito bom sinal, pois significará que, mais uma vez, acertamos na maioria das contratações e fizemos crescer os jogadores, ao ponto de serem requisitados por clubes com uma capacidade financeira incomparavelmente superior à nossa.

Outros se seguirão... outros aparecerão... e sempre saberemos e conseguiremos manter o nosso nível. Tem sido assim desde há vários anos, e continuará a ser.

Hoje é para ganhar.

Um abraço

Anónimo disse...

Afinal o RM foi transferido por quanto?

Tiago Araújo disse...

Segundo as minhas fontes, o Raúl foi transferido por 13,5 Milhões de Euros.

Anónimo disse...

Papataças disse...
Gostava de saber mais informações sobre a postura do meireles nos últimos tempos..ou se portou mal ou o AVB não esta a ser justo...
-

A postura dos jogadores quando têm expectativa de duplicar ou triplicar o ordenado já se sabe qual é (e não é só no futebol...) ...

Dragus Invictus disse...

Olá boa tarde,

Adivinha-se um jogo difícil para o nosso Porto no Estádio do Arcos.
O Rio Ave tem um excelente treinador, e uma equipa experiente.
Reforçou-se bem para esta época, mantendo os elementos chave da época passada.
Mário Felgueiras, Gaspar, Zé Gomes, Milhazes na defesa, Ricardo Chaves, Bruno China, Tarantini, Wires, Fábio Felicio, Braga e Vitor Gomes no meio campo, e depois no ataque experiência de João Tomás e Saulo e a irreverência de Bruno Gama, Yazalde, são um misto que irá criar dificuldades ao FC Porto.

Mais do que nunca, defendo a entrada de Ruben para o meio campo neste jogo, e deixar o ataque para Hulk e Falcao, sempre apoiados pelo trio mais ofensivo do nosso meio campo Moutinho/Belluschi/Ruben.

Esta "povoação" do meio campo irá permitir-nos controlar o Rio Ave, e com a mais valia técnica dos nossos atletas... resolve-lo!

É importante para o FC Porto vencer este 3 próximos jogos: Rio Ave, Braga e Nacional.
Na 5 jornada quando nos deslocarmos à Madeira irá haver um Benfica-Sporting, e se ganharmos até lá, mais pressão colocamos nos nossos adversários.

Abraço e bom domingo

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com