terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Viva o FCPORTO!


assistência: 31.810 espectadores.

árbitros: Elmano Santos (Madeira), Sérgio Lacroix e Álvaro Mesquita; Albano Correia.

FC PORTO: Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Fucile; Lucho, Fernando e Raul Meireles; Lisandro, Hulk e Rodríguez.
Substituições: Sapunaru por Tomás Costa (60m).
Não utilizados: Nuno, Stepanov, Guarin, Mariano, Lino e Farías.
Treinador: Jesualdo Ferreira.

ACADÉMICA: Peskovic; Pedrinho, Luiz Nunes, Orlando e Pedro Costa; Pavlovic «cap»; Cris, Miguel Pedro e Diogo Gomes; Sougou e Garcês.
Substituições: Garcês por Éder (64m), Miguel Pedro por Lito (69m) e Pavlovic por Madej (90m).
Não utilizados: Pedro Roma, Carlos Aguiar, Edson e Nuno Piloto.
Treinador: Domingos Paciência.

golos: Rodríguez (24m), Cris (36m) e Raul Meireles (50m).

disciplina: cartão amarelo a Diogo Gomes (23m), Hulk (78m), Pavlovic (78m), Pedro Costa (84m); cartão vermelho a Sougou (63m).


2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Depois de ter conseguido, na terça-feira passada, um objectivo importante - chegar aos oitavos-de-final da C.League - e por iso, estar motivada e moralizada, esperava-se que a equipa do F.C.Porto ganhasse e fizesse uma exibição aceitável. Pelo menos era o que esperavam muitos dos que foram ao Estádio, num fim de tarde gélido, a convidar a ficar em casa. Ganhar, lá ganhamos, mas a exibição foi abaixo dos mínimos exigíveis e sinceramente, não percebo porquê.
São exibições como a de ontem que levam aos assobios. Que afastam público do Estádio. Que trazem desconfiança e intranquilidade e no limite, vão matando o entusiasmo e a paixão.
Nem quando se apanha a ganhar, sem fazer muito para isso, a equipa melhora. Não, pelo contrário, fica ainda mais abúlica, adormecida, desconcentrada e com isso permite que o adversário acredite, equilibre, marque e complique.
Mesmo contra 10 jogadores fomos incapazes de jogar bem.
Assim não!
Que se passa com Lucho? Como é possível ter jogado?, os noventa minutos?
Resumindo: vitória justa, mas exibição muito fraca.
Valeu o Setúbal para animar.
Um abraço

José Campos disse...

ontem tivemos muito fracos em todos os aspectos. fizemos uma exibição quanto baste e nem foi preciso marcar penaltis. mesmo a jogar mal o fc porto conseguiu os três pontos e isso é que fica pra história o resto é só para encher pneus. o lucho está uma nódoa, incrivel que durante os noventa minutos o fc porto jogou com 10 jogadores porque o lucho não esteve presente e mostrou que no penalti não estava concentrado... gostei do hulk e do cebola que parecem que jogo a jogo vão melhorando em vários aspectos do nosso jogo... enfim, ganhamos três pontos num jogo muito fraco da nossa parte... aos poucos estamos perto da liderança.
abraço

a nação azul e branca

http://anacaoazulebranca.blogspot.com